Estudo recente mostra a relação da vitamina K no controle do Diabetes

Resultados de diversos estudos sobre diabetes foram publicados recentemente. De acordo com a reportagem feita em Pamplona, Espanha, pelo jornal NewsRx, uma nova pesquisa afirma que a vitamina K tem sido relacionada ao metabolismo da glicose, sensibilidade à insulina e diabetes. Em todas essas condições metabólicas, compreendeu-se que o papel da vitamina K no metabolismo da glicose ocorre por meio da modulação de citocinas e moléculas relacionadas.

O objetivo do estudo foi avaliar a associação entre a ingestão de vitamina K e adipocinas periféricas com o risco metabólico, diante de marcadores relacionados com a resistência insulínica e Diabetes mellitus tipo 2. A avaliação foi feita em 510 idosos recrutados em centros médicos de Reus e Barcelona, Espanha, durante 1 ano. Avaliaram-se as alterações na ingestão dietética de vitamina K (estimadas por um Questionário de Frequência Alimentar) e em marcadores como citocinas inflamatórias séricas e outros de risco metabólico. No início do estudo não foram encontradas associações significativas entre a ingestão dietética de filoquinona e os marcadores avaliados, com exceção de uma associação negativa ao inibidor do ativador de plasminogênio-1. Após 1 ano de acompanhamento, os indivíduos com maiores alterações na ingestão de vitamina K mostraram maior redução na grelina (15%), peptídeo insulinotrópico dependente de glicose (12,9%), GLP-1 (17,6%), IL-6 (27,9%),  leptina (10,3%) e concentrações plasmáticas de TNF (26,9%), àqueles no menor tercil (p<0,05).

Os autores concluíram que a ingestão de vitamina K está associada a uma melhoria de substâncias pró-inflamatórias (citocinas) e outros marcadores relacionados à resistência insulínica e diabetes, prolongando a proteção potencial da vitamina K em doenças inflamatórias crônicas.

Referência:

Juanola-Falgarona, M., Salas-Salvadó, J., Estruch, R., Portillo, M.P., et al. Association between dietary phylloquinone intake and peripheral metabolic risk markers related to insulin resistance and diabetes in elderly subjects at high cardiovascular risk. Cardiovascular Diabetology 2013, 12:7 

 

“As informações fornecidas neste site destinam-se ao conhecimento geral e não devem ser um substituto para o profissional médico ou tratamento de condições médicas específicas. Procure sempre o aconselhamento do seu médico ou outro prestador de cuidados de saúde qualificado com qualquer dúvida que possa ter a respeito de sua condição médica. As informações contidas aqui não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Nunca desconsidere o conselho médico ou demore na procura por causa de algo que tenha lido em nosso site e mídias sociais da Essentia.”

15. março 2013 por admin
Categorias: Noticias | Deixar um comentário

Deixe seu comentário

Campos obrigatórios marcados com *

*